Produtos para área dos olhos

area olhos

Atualmente, existe uma variedade imensa de produtos cosméticos para os mais diversos fins. Entre eles, estão os produtos para cuidados com a área dos olhos. Seja para amenizar olheiras, para dar mais firmeza à pele ou para diminuir as bolsas que se formam embaixo dos olhos, eles sempre recheiam as prateleiras e, não raro, são bem mais caros que outros produtos utilizados para o rosto.

esteticista cosmetologaMas será mesmo que precisamos investir em produtos específicos para a área dos olhos? Será que aquela pele é mesmo tão diferente do restante da pele do rosto para precisar de um produto formulado especialmente para ela? É sobre isso que vamos refletir no post de hoje.

Primeiro, precisamos falar sobre as características da pele que compõe a região. A pele palpebral é mais fina do que a do restante do corpo. Sua espessura total é de menos do que 1 mm!

Essa finura toda é devida à ausência de tecido gorduroso, o que confere à essa região uma característica translúcida, que favorece o aparecimento das temidas olheiras – provocadas pelo acúmulo de melanina e/ou pela dilatação dos vasos, facilmente observáveis por causa da pele extremamente fina.

Deste modo, tem-se que a pele palpebral é igual à do restante do corpo, porém, mais fina, o que torna a região mais exposta e sensível. Deste modo, é bom que cosméticos de tratamento utilizados ali sejam mais suaves ou formulados especificamente para esse fim, de modo a evitar quaisquer reações, como irritação, sensibilização, desconforto e outras.

No entanto, ao utilizar um creme, por exemplo, que não tem uma função de tratamento, mas apenas de hidratação, não há problema algum em passá-lo na área dos olhos. O mesmo serve para os protetores solares para o rosto; eles também podem ser aplicados nessa área. Mas, é claro, devem ser tomadas as devidas precauções para que não caia produto nos olhos, nem nada do tipo.

Avaliacao-Segurana-Ingredientes-Cosmeticos-4Para evitar qualquer acidente, a dica é sempre ler o rótulo e as instruções de uso. Isso porque, para ser comercializado, um cosmético precisa ter passado por todo um processo para reduzir possíveis danos aos usuários, incluindo testes de irritação dérmica, ocular, de mucosas, entre vários outros.

Por isso, pode confiar nos cosméticos para área dos olhos! Além de tratarem problemas específicos da região, eles são formulados de forma a não agredir a sensível pele local e passam por muitos testes de toxicidade antes de chegarem às prateleiras. Ah! E muito cuidado com as fórmulas caseiras. Elas podem até usar produtos naturais, mas não há nenhuma garantia de que não vão provocar alguma reação na pele!

Vale saber: os testes de avaliação de toxicidade de um cosmético abrangem toxicidade sistêmica aguda; corrosividade e irritação dérmica; sensibilização cutânea; absorção/penetração cutânea; doses repetidas; mutagenicidade/genotoxicidade; toxicidade subaguda e subcrônica; irritação ocular; irritação de mucosas; efeitos tóxicos induzidos pela radiação UV (fototoxicidade, genotoxicidade, fotoalergia); carcinogenicidade; toxicidade do desenvolvimento e reprodutiva (teratogenicidade); toxicocinética e toxicodinâmica; sendo os seis primeiros testes considerados os ensaios toxicológicos mínimos, ficando os demais sujeitos à avaliação. (Guia para Avaliação de Segurança de Produtos Cosméticos)

E você, tem hábito de comprar produtos específicos para área dos olhos? Responda a enquete aqui embaixo e deixe seu comentário! 😉

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s